27 setembro 2011

8

A Consulta

Eu sei que demorei... Mas queria alguns comentários naquele texto e como não gosto de obrigar as pessoas a comentar nele...
Enfim, esse é para o bloinques, eu fiz ouvindo essa música, que acabou dando um tom praiano ao texto.
Bom, é isso. beijos!
Link da Imagem

-Então querida, como foi sua semana?
-Minha semana foi linda, romântica, animada e festiva!
-Então por que você ainda vem aqui? - perguntou ela com uma cara de espanto
-Porque é mentira.
Minha semana começou bem. Eu fui bem tratada por meus pais e nem tive vontade de beber. Eu estava bem no trabalho e conseguia passar na frente da escola sem começar a verter lágrimas. Os seus conselhos foram ótimos!
Mas aí, no único dia que eu me arrisquei a ir a praia, ele me viu, e veio falar comigo.
-Ele de novo? - ela já cansara de falar dele.
-Ele de novo. - o que eu podia fazer se ele fazia parte de minha vida?
-Ele chegou devagarzinho... Fingindo querer pegar uma coisa do meu lado. Acabou sentando na minha frente e chegando bem pertinho... Mas eu fui forte, eu juro que fui forte!
Quando ele viu que não ia conseguir um beijo, beijou minha orelha e sussurrou bem fraquinho...: Tem festa na praia sexta à tarde, espero-te aqui mesmo.
Ele saiu, me deixando com saudade de seu calor apesar de o Sol ferver minhas pernas e braços. Mas eu queria o calor dele, sabe?
Para de me olhar desse jeito!
-Não estou olhando, só lembrei do motivo de seus problemas à noite.
-Olha, eu sei, eu sei que ele é um cafajeste, e todos esses momentos podem encontrar um caminho para meus sonhos à noite, eu sei disso... Mas eu não ligo... Eu o amo!
-Mas nós conseguimos tanto progresso! Por que você insiste em voltar para isso?
-Não acho que você entenda. Não acho que faça sentido para alguém que sempre busca padrões nos sentimentos e pensamentos. O que você é afinal? Uma calculadora? Quem te deu o direito de analisar a minha vida? Eu vou nessa festa sim, mas dessa vez ele não vai fazer o que quiser de mim, e eu nunca mais vou precisar voltar aqui! - Me levantei, furiosa e decidida.
-Então, mesma hora semana que vem? - ela falou sem sequer levantar o tom de voz.
Parei na porta com uma lágrima entalada na garganta:
-Sim, como sempre.

8 comentários:

  1. Muito bom o texto, esta de parabéns e o blog e otimo

    ResponderExcluir
  2. a música é linda, e o texto está perfeito, fui lendo o texto e escutando a musica ao mesmo tempo, ficou uma coisa agradavel, marcante ;) parabens, bjs
    www.umteko.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Adorei o texto,a personagem da psicanalista me lembra algum personagem de filme... e concordo com a Bia, ler junto ocm a música fica um coisa muito legal. Ta lindo o blog, um beijo ;)

    ResponderExcluir
  4. Primeira vez no blog e já amei! Seguindo!

    Beijos,
    Sabrina
    http://linkmyfashion.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Que blog fofo, adorei, já estou seguindo, segue o meu??? http://cerejasatrevidas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Oi estava visitando alguns blogs e encontrei o seu blog adorei...
    Já estou seguindo

    http://marifriend.blogspot.com/
    @Storieandadvic
    Espero sua visitinha, adoraria que você seguisse também.
    beijo

    ResponderExcluir
  7. Tudo perfeito, música, história e a imagem.
    Gosto quando tudo flui assim tão natural tão bom.

    Parabéns Lara.

    ResponderExcluir
  8. Texto perfeito, acho que é isso que acontece: damos sempre mais uma chance e acabamos nos arrependendo depois. Adorei as personagens.
    http://senhoritaliberdade.blogspot.com/

    ResponderExcluir