05 setembro 2016

1

Suspensa

E quando a única lembrança que resta
Se resume a um suspiro?

O passado tem dessas
De suavizar o tom
Da raiva, da angústia,  do desamor
E resta só um suspiro

O problema é suspirar no presente
Ausente até no reflexo do espelho

O presente não era mais colorido e excitante? 
Ou só a memória que tenho dele?
Afinal, não quero me contentar com reflexos do passado

(E este é cada vez mais extenso
Em memórias e suspiros)

E o desapego parece uma constante
De memórias e expectativas 

Classificar lembranças por sentimentos 
Porque pessoas viraram suspiros...

E finalmente me falta o ar.

Um comentário:

  1. Ah! poeta. Sempre me fazendo suspirar! Lindo. Love
    Jac

    ResponderExcluir