28 janeiro 2012

8

Noite

Link da Imagem

Nessa noite que se apresenta
Uma sinfonia se mostra
O apresentador sai de fininho
E deixa no palco as estrelas.

Uma a uma, sussurrantes
Como um coral de crianças,
Brilham, despreocupadas,
Ansiosas pelo que está por vir.

E os grilos cantam, ansiosos,
A natureza está aguardando
A grande atração da noite.

A quietude então se instala,
É chegada a hora
A Lua rompe o silêncio
E o céu é então seu palco.

E a platéia aplaude,
Extasiada pelo show.
A Lua volta a se esconder,
E se preparar para a próxima noite.

Não morri, desculpem pelos posts tão raros, eu simplesmente não sei o que está acontecendo comigo ><
Enfim, espero que gostem! Fiz esse em 2011 ainda, no natal, mas tive vergonha de declamar depois do poema do meu avô hahaeuheuah ><
Espero que gostem. Ah, eu fiz um tumblr a algum tempo, e decidi divulgar. O nome é Normal é sem sal, espero que gostem!

8 comentários:

  1. Concordo plena mente com o seu poema. A chegada da noite parece mesmo um grande e lindo espetaculo que brilha no céu.

    ResponderExcluir
  2. Uau, primeira vez que venho aqui e super me encantei. Não sabia que você era poetisa e muito boa hein? Beijos
    http://primeirapessoa-dosingular.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Nossa, adorei o poema. Muito lindo *-*

    ________________

    Meu Blog

    Something 'Bout Books

    ResponderExcluir
  4. Resolvi ler novamente, gostei muito do poema.

    ResponderExcluir
  5. LAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAARA,que lindo!
    Eu tava sumida por aqui,né?
    Mas voltei,e amei esse novo layout!
    Arrasou,parabéns! :*

    www.amantesdiamantes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. que lindoooo floooor.
    vc deveria ter declamado
    seus familiares ficariam orgulhosos.
    parabéns.

    ResponderExcluir
  7. Adoreei , gosteei muiito , keruh q vc faça Design do meu Blog , pode ser ?

    Meu email : anthonysinfernocoral@hotmai.com

    ResponderExcluir