28 abril 2011

1

Vida

Minha mãe achou uma agenda super antiga hoje e me inspirou! Fiquei aliviada, porque hoje não tinha nenhum poema para postar ^^
Boa leitura!
Link da Imagem

O passado passou,
Lento, mas presente,
O que se fez ficou
Naquele tempo ausente

O presente marcou
(ou marca, pois é agora)
O momento que ficou
O segundo que passou
O relógio badalando
A vida se firmando

E o futuro prevê
Sob a neblina do nada
E o desfiladeiro do tempo
O segredo que ninguém sabe
O Destino em sua viva forma.

Lara Vic.

Um comentário:

  1. Verdade Lara,
    O destino forma a gente e o tempo lapida, através de experências de vida, sejam elas boas ou más.
    E que badale o relógio do tempo, nelas a gente vai se gastando e se deixando gastar! \0/

    * Bem a poesia é mais ou menos... Digamos que eu seja meio dramática rsrsrs. De um grão de areia faço um castelo.
    Mas vou guardar o seu conselho pra quando precisar kkkkkkkkkkkkkkk. Podexa linda! Beijos e um bom fim de semana com muita inspiração.

    ResponderExcluir