23 janeiro 2011

0

Não Sou Só Sua

Gente, 100 acessos! estou super feliz!
Infelizmente este poema não pode expressar minha alegria, pois fiz quando briguei com minha amiga. Independente disso, quero que aproveitem, pois o poema é uma expressão do sentimento, e, no caso deste blog, dos meus sentimentos, e foi isso que eu senti  ;)

Uma pessoa tem uma alma.
Livre, desempedida
Desejar coloca-la numa jaula
É um passaporte de saída.

Tudo em exagero
Começa a enjoar
Uma overdose de você?
Tivemos de nos espaçar.

Tivemos momentos bons,
Ai de quem negar!
Tivemos momentos bons,
Mas algumas coisas que são boas
Têm de acabar.

Não importa quem começou.
Você diz que fui eu
Eu digo que foi você!
Mas finalmente minha jaula se quebrou.

Hoje, vivo satisfeita,
Livre, alegre e rarefeita,
Pois vivo na liberdade com aqueles iguais a mim
Sem superioridade, jaulas
Apenas uma deliciosa igualdade,
E não digo que não sentirei sua falta,
Mas entre meus iguais convivo com essa saudade.

Lara Vic.

Nenhum comentário:

Postar um comentário