13 janeiro 2011

2

Por Que Não Crescer?



Quando criança,
Amava Peter Pan,
Com ele voava,
Comia marzipã.

Esfaqueava o chapéu de James Gancho
Sem sequer um cabelo cortar
Era tudo uma diversão,
Eu só fazia brincar!

Com o tempo,
Fiquei mais com Sininho
Garota como eu
Que não vivia sem pozinho

Com o tempo, fui descendo,
Esquecendo de como voar
Nesses dias, como chorei!
Ninguém para me consolar!

"Não quero crescer!
Parar de voar!
Não quero crescer!
Ter de trabalhar!"

O que raios eu faria
Sem poder voar?
Tive de sentar
Ler e estudar
E descobri um outro pó
Com o qual podia voar.

Me disseram que as fadas não o faziam
E nisso custei a acreditar
Afinal, algo mágico como letras
Sininho ia querer participar!

Nesse pó vivo todo dia
E hoje, já grande crescida
Viajo a vários mundos
Para os quais nunca estarei velha
Mas que já fui nova demais para aproveitar
Então, finalmente pergunto:
Qual o problema de mais velha ficar?

Lara Vic.

2 comentários:

  1. Oi Lara
    Vim conhecer seu espaço
    Amei essa poesia.
    Eu faço minhas "viagens" a outros mundos a muito tempo, mesmo não tendo o pó da Sininho hahaha
    Através dos livros! Minha grande paixão*-*

    Adorei demais essa poesia, parabéns.
    E o blog também é tudo de bom.
    Faça-me uma visita a meu cantinho, também sou blogueira *-* hahaha
    Vida longa a seu blog! \o/
    E muita inspiração. Beijosss

    ResponderExcluir
  2. Quem escreve uma poesia
    que venha do fundo da alma
    não importa se é bela
    longa ou curta
    mas se as palavras exprimem um sentimento verdadeiro,
    é como se abrisse uma janela na sua alma
    e voce permitisse que todos entrem,
    te conheçam no mais profundo amago.
    Assim, é uma doação que voce faz,
    é uma entrega de amor verdadeiro!
    Obrigado por ser assim tão especial
    e se doar de forma tão sublime.
    Bessoss, Mau.

    ResponderExcluir