26 dezembro 2011

3

Indiferente

Link da Imagem

Os homens da cidade sofrem
Cegos por falsas luzes
Que ofuscam as estrelas
E até os sentimentos

Como viver a vida
Estando cego, perdido,
Ofuscado pela própria inteligência
(Ou mesmo burrice?)

O mundo perde sua inocência
E continua girando
Já indiferente à vida
Como nós a ele.

Estou aqui na praia sendo feliz kkk e meu primo trouxe o laptop com internet 3G o que é muito legal *0*
Mesmo assim demora um tempão pra instalar, percebe-se pela hora que eu estou postando, então só vou responder comentários provavelmente ano que vem haha.
Como foram de natal? Contem-me! Esse poema foi falando um pouco sobre o que estamos fazendo com o mundo, e pensando um pouco em 2012 que se aproxima haha.
beeijos!

3 comentários:

  1. Adorei o texto. Bem legal mesmo.
    http://monisegabriely.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Ei, adorei o blog, o post...tudo! heheheh
    Tô te seguindo já, gostei mesmo daqui :P
    beijo e Feliz Ano Novo =*
    www.perfeitainexistencia.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Os homens sofrem, com a criação do próprio homem.
    Tenso, né?
    Lindo poema.
    http://senhoritaliberdade.blogspot.com/

    ResponderExcluir