10 setembro 2014

2

Maluca

Link da Imagem

Quando estou no silêncio do meu quarto
Percebo que meus pensamentos gritam
E cruzo os dedos pra não estar maluca
Apenas quieta demais

Calada pela própria palavra
Que insiste em fugir do papel
Uma vez que escrevo sentimentos
E percebo que voltei a sentir
o Nada do qual fugia

Que cala o pensamento gritante
Pra abrir a boca um instante
E ver nada de relevante...

Desfaço a figa casualmente
Pois ser maluca me parece ser um presente

Hey galera, tem um tempão que não escrevo e fiquei bem angustiada com isso... E realmente percebi que até mesmo as frases que me surgiam as vezes e que eu anotava pararam... Minha cabeça está cheia mas é um grande erro não colocar isso no papel. Enfim, espero que gostem (:

2 comentários: