01 setembro 2012

5

Negação

Link da Imagem
Acordes anônimos ressoam em minha mente,
Pensamentos sem rumo vagam por ai,
Poderia fazer uma descrição decente,
Se soubesse o que estou a sentir.

O coração bate sem sentido,
Os olhos enxergam sem ver.
As histórias que tenho vivido,
E a vontade de me arrepender.

O tempo passando por mim,
Brisa leve, não deixo ventar.
Futuro em tons de carmim,
Acho que não quero enxergar.

Revivendo o blog *-*
Este aqui eu fiz na aula, quando estava com You're so Vain do Marilyn Mansom na cabeça. Acho que essa música me encantou pela frase "você é tão fútil, que aposto que pensa que essa música é sobre você". Afinal não é esse um dos maus de ser poeta? Tudo o que escreve tem um motivo, é dedicado para alguém... Mas nem sempre como as pessoas esperam, ou as vezes nem é como você espera ^^
Comentários?

5 comentários:

  1. Costumo acreditar que as músicas que ele ouve tem um pouco de nós nas entrelinhas, pode ser um tanto de futilidade, mas sinto-me melhor ao crer nisso;
    Continuo a admirar seu dom de escrever poemas.

    ResponderExcluir
  2. Muito bom! E como disse, assim também sou: Poderia escrever uma grande história ou uma descrição, se soubesse o que é que tô sentindo. Sempre bom recordar e ver o nosso estilo da época. :)
    Beijos querida, ana.

    ResponderExcluir
  3. Eiii flor primeiro obrigado pela visita no meu blog, espero que você volte la mais vezes *-*
    E adorei essa poesia tão meiga e ao mesmo tempo tão verdadeira, me senti descrita *-*

    ResponderExcluir
  4. Maravilhoso, Lara! O poema e lindo, muitíssimo bem feito como todos os que vi por aqui. Concordo com o que você disse no final, mas acrescento: às vezes os poetas não dedicam, mas se inspiram naquele alguém. Um beijão, tive saudade!

    -

    Querida, estou voltando pra blogosfera agora, renovada nos textos e no layout (feito pela Mia). Gostaria que você me desse uma forcinha e fosse lá nesse recomeço. Mas só se puder/quiser! Abraços.


    http://railmamedeiros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Muitas vezes nós se identificamos com uma música. É muito bom escutar aquela música que conta um pouca de sua vida, nem que seja apenas um dia.

    ====================================================

    Lara aqui estou eu de novo te incomodando né mesmo, eu queria que você fizesse o cabeçalho do meu blog, porque eu não estou conseguindo fazer um adequado com oque eu quero escrever. Por favor, eu te imploro.

    ResponderExcluir