24 março 2011

1

Pensamentos de Aranha

Adicionar legenda



O que pensa uma aranha,
Lá em sua teia?
repousando, calma e tranquila.

Questiona ela o universo?
Afinal, o quanto uma aranha pode questionar?
Dos astros atrás do armário,
Ou da vassoura a ameaçar?

Mas se questiona, 
Não é filósofa a aranha?
Porque filósofo é o que questiona o universo,
E a aranha certamente tem tempo para questionar.

E, já satisfeita de filosofar,
Monta sua obra de arte
A teia, com formas indecifráveis
Conta histórias sanguinárias,
Terror, amor, dor,
Pelas patas da aranha,
Em sua teia de pensamentos.

Lara Vic.

Um comentário:

  1. Acredito que todos nós temos um pouco de aranha.
    Todos nós tecemos nossas próprias teias onde aprisionaremos nossos amores, conquistaremos nossos espaços e correremos riscos por isso.

    Ótimo poema.

    Linda inspiração!

    Um beijo.

    ResponderExcluir